A preservação do acervo salvaguardado pelo Museu de Arqueologia e Etnologia é fundamental para que o museu cumpra suas funções de pesquisa e comunicação. As coleções arqueológicas e etnológicas têm como principal característica a diversidade e fragilidade dos suportes: as peças são compostas por materiais orgânicos e inorgânicos, dentre estes plumária, cerâmica, fibras vegetais (palha, sisal, algodão), madeira, semente, dente, têxtil, casco de tartaruga, concha, bambu, porcelana, metal, osso, lítico (lascado e polido), contas e vidro. Neste contexto, o setor de Conservação e Restauro desempenha ações de diagnóstico, higienização, desinfestação, consolidação de suporte e reintegração, além do monitoramento e controle das condições ambientais dos espaços museológicos.

DSC_0073          DSC_0077

DSC01143          DSC01168