​​​​​​​​​​​​​​​​Museu de Arqueologia e Etnologia recebe exposição Itinerante ‘Índios: Os Primeiros Brasileiros’

“Exposição revê a história do Brasil assinalando a participação dos nossos primeiros habitantes, os índios”

Como parte das comemorações do aniversário de 70 anos da Universidade Federal da Bahia, o Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE) exibe a exposição Índios: Os Primeiros Brasileiros. A mostra itinerante, que já percorreu cinco cidades no Brasil e também esteve na Argentina, oferece ao visitante um passeio pela história do Brasil assinalando as diferentes formas pelas quais os indígenas foram vistos e incorporados ao processo de construção nacional. Para isso, a exposição focaliza em especial a região Nordeste e está integrada por quatro espaços distintos – o primeiro encontro, o mundo colonial (a história que se pode ler nos livros e documentos), o mundo indígena (uma outra narrativa) e o Brasil contemporâneo (com suas lutas e desafios).

Oferecendo ao público imagens e informações de natureza histórica e cultural, sua proposta é estimular um processo de reavaliação efetiva do nós e do eles, apresentando as culturas indígenas como algo vivo e dinâmico, favorecendo o despertar de novas questões e ser uma estrada aberta da qual, ao fim, cada um poderá reexaminar seus próprios conceitos e opiniões, distanciando-se dos estigmas e preconceitos com os quais opera tanto o senso comum quanto as representações eruditas, propiciando, sobretudo, uma identificação positiva com tais coletividades.

DSC_0176

A exposição é fruto de anos de trabalho, articulando (equipe de) pesquisadores do Museu Nacional/UFRJ com representantes da APOINME e da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ), equipe d(o)a qual resulta pesquisa iconográfica sobre os modos como as populações indígenas vêm sendo representadas desde o século XVI. A curadoria é de João Pacheco de Oliveira, professor titular e curador do Setor de Etnologia e Etnografia do Museu Nacional do Rio de Janeiro (MN/UFRJ). Está em sua sétima edição tendo passado anteriormente por Recife, 2006 e 2007; Fortaleza, 2008; Rio de Janeiro, 2010; Córdoba, Argentina, 2013; e, Natal, 2014, com um público total estimado em mais de 200 mil visitantes.

São apresentadas ao público imagens, materiais e informações de natureza histórica e etnográfica, favorecendo o despertar de novas questões, emoções e sínteses, propiciando uma identificação positiva com aquelas coletividades e um melhor entendimento de suas práticas, valores e utopias atuais. Compõem ainda a exposição fotografias e produção de rica cultura material por alguns dos/das dezenas de povos indígenas que habitam o Nordeste brasileiro com 5 ambientes sonoros compartilhados em 10 espaços nomeados por:

o  Primeiros Brasileiros,

o  O Encontro,

o  A construção de Salvador,

o  A Armadilha da Colonização,

o  O abrigo missionário,

o  A extinção dos aldeamentos,

o  Mundo Indígena,

o  Mundo Religioso,

o  Sala de vídeo,

o  Reivindicações contemporâneas.

 A mostra ‘Os Primeiros Brasileiros’ ficará no MAE até o fim de dezembro de 2016.

DSC_0167

DSC_0124

DSC_0159

SERVIÇO

Exposição Índios: Os Primeiros Brasileiros

Onde: Museu de Arqueologia e Etnologia/UFBA I Terreiro de Jesus, s/n, Prédio da Faculdade de Medicina, Pelourinho. Entrada pelo jardim na rua Portas do Carmo.

Quando: de 04 de julho a 29 de dezembro

Horário: segunda a sexta, das 9h às 17h

Entrada: R$ 10,00 inteira | R$ 5,00 estudante

Estudantes da rede pública de ensino, membros de comunidades indígenas e quilombolas, idosos acima de 60 anos e integrantes da UFBA não pagam entrada.

Os visitantes que desejam o acompanhamento de um monitor e grupos com mais de 8 pessoas devem agendar sua visita pelo telefone 71 3283-5533.

Informações e Agendamento: 71 3283-5546/5533

Fecebook: osprimeirosbrasileiros /  MAE-UFBA